Buscar
  • Rentbrella

O retorno do OOH na era do digital

O formato de mídia out-of-home (OOH) é a forma de publicidade mais antiga do mundo, sendo utilizada desde a Mesopotâmia para venda de vinhos. O primeiro formato comercializado, e até hoje mais famoso, da mídia OOH é o outdoor, sendo marcante por seu impacto desde o século XVIII. Mas como fica a mídia tradicional com a ascensão do digital no século XXI?



Atualmente o out-of-home transmite mensagem publicitária, educativa, informativa, auxilia na mobilidade, serviços e na construção das Smart Cities. Antes, o consumidor ia até as marcas, e hoje as marcas buscam abrir diálogo com o consumidor, sendo que seu resultado depende de um processo de comunicação entre o emissor (empresa) e o receptor (consumidor). Com isso, diversas formas de mídia vem surgindo e ganhando cada vez mais o gosto de grandes players do mercado: faixas de bicicletas pela cidade, bicicletas compartilhadas, guarda-chuvas compartilhados, todo e qualquer lugar é um espaço para criar relações e fazer contato com seus stakeholders, pensando em posicionar a empresa à frente da concorrência.


O crescimento das mídias digitais parece revelar que o futuro do marketing está atrelado às redes sociais, seus anúncios e conteúdos, mas estudos mostram que não é bem assim. As duas últimas edições da pesquisa internacional com líderes do segmento, o CMO Survey, revelam uma alta no investimento em marketing tradicional. Empresas como a Google, chegam a investir 80% do budget neste segmento e o OOH faz parte dessas estratégias não só de empresas de tecnologia como nota-se um crescimento de 649% entre 2019 e 2021 para investimentos em marketing tradicional pelos aplicativos de entrega no Brasil.


Publicidades mais tradicionais estão, muitas vezes, relacionadas com maior credibilidade entre os consumidores e também costumam transmitir uma maior responsabilidade das marcas, já que é algo "fixo" e definitivamente mais impactante. Por quantos anúncios cada usuário é impactado diariamente em suas redes sociais? Quantos realmente chamam sua atenção? Outdoors, comerciais em grandes redes televisivas e até mesmo guarda-chuvas podem diferenciar a sua marca e ainda falar exatamente com o público que você precisa.



A Unimed, famosa empresa do segmento da saúde no Brasil, aposta nessa estratégia ao ser patrocinadora do ecossistema Paulistano de guarda-chuvas da Rentbrella. Guarda-chuvas verdes com o logo da marca circulam pela cidade, cuidando de seus usuários e chamando atenção de quem quer que os veja pela rua. Uma pesquisa realizada em 2022 demonstra que a empresa tornou-se Top Of Mind e é lembrada por todos os usuários do serviço de compartilhamento na capital.


A pesquisa reforça que o público também tem sido muito mais impactado por OOH num cenário pós pandêmico. O estudo “Inside OOH 2022” do Brasil demonstra que 85% da população foi afetada por propaganda externa em apenas 7 dias. A relação do público com esse tipo de mídia também diz respeito à maneira como responde ao impacto, as métricas apresentadas através da tecnologia, como câmeras que acompanham o impacto e QR code que medem o engajamento, demonstram que há um interesse genuíno no que é anunciado por OOH.


As laterais das máquinas da Rentbrella também têm sido procuradas por grandes empresas como Disney, Samsung, EBAC, Neon. Todas buscam inovação e querem entrar em contato com o público certo, no momento certo. Seja para posicionamento de marca, brand awareness, convite à uma experiência física, fazer parte da jornada do cliente participando do seu dia dia até que ele chegue dentro da sua loja ou para venda de um produto específico, a mídia tradicional tem mantido seu espaço quando aliada à inovação, sustentabilidade e claro, ao digital.





6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo