• Andrea Kfouri

MUNDO PÓS-VACINA: SUA MARCA MAIS LUCRATIVA POR SER UMA CONTRIBUINTE DAS CIDADES INTELIGENTES

O CENÁRIO DE VACINAÇÃO


Uma das premissas básicas da administração é prever as ameaças e oportunidades do futuro, no objetivo de preparar-se para o máximo de cenários possíveis. Após o último dia 17/01 (domingo) realizar essas previsões ficou um pouco menos difícil: a Anvisa aprovou o uso emergencial das vacinas Coronavac e Astrazeneca, e com o consentimento, vieram os cronogramas: o estado de SP prevê a imunização dos grupos de risco até 01/03 e o plano federal dá indícios que vacinará os indivíduos mais sensíveis à doença até o fim do primeiro semestre de 2021.


UM MUNDO PÓS-VACINA CRIA NOVAS DISCUSSÕES


Em ambos os casos, o contexto indica que a confiança das pessoas para voltar às ruas deve ser gradativo nesse início de ano e se fixar conforme os mais jovens receberem os anticorpos. E é com essa percepção, em uma ótica de mobilidade, branding e OOH, que nascem novas discussões. Como por exemplo: quais características o mundo pós-vacina possuí? O que minha marca precisa fazer para rentabilizar? Como os setores público, privado e social podem se unir para criar um novo projeto de desenvolvimento como país?


COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR PARA 2021

O marco zero é aceitar que as consequências de 2020 não ficaram para trás na virada do ano. E isso tem seus desafios e benefícios:


Os desafios


Segundo as palavras de Renata Bokel (CSO da Wmccann) e Eduardo Simon (CEO da DPZ&T) na matéria "Quais são os desafios da publicidade em 2021?" (Meio & Mensagem):

As pessoas permanecem criteriosas como nunca antes. Tiveram muito tempo em casa para perceber como possuíam coisas em excesso e, com uma economia escassa, reduziram suas posses ao mínimo – consequentemente com a manutenção de compra apenas com as marcas que os encantaram com atitudes relevantes, educadoras, divertidas e autênticas. Esse retrato simboliza que o mercado hoje é uma competição entre quem tem a melhor e mais autêntica experiência; em resumo: é um campeonato onde o mais encantador vence.

Inclusive, segundo as percepções da matéria "Tecnologia e dados pavimentam os novos caminhos do OOH" (Próxima):


As campanhas orgânicas e cotidianas têm hoje um melhor desempenho que anúncios tradicionais de performance – que não conversam com íntimo dos públicos-alvo.

Os benefícios


A pandemia obrigou a maioria dos agentes do mercado a mudar aquele tradicional mindset que as campanhas performáticas são melhores para rentabilidade. Isso deu início a uma série de comunicações que buscam se relacionar com os públicos de uma forma mais próxima e que estabelecem identificação. Além disso, as logísticas utilizadas para a entrega das mensagens à audiência passaram por uma evolução tecnológica – todas as engrenagens (físicas, digitais, de streaming, delivery, pagamento, transporte e outras) foram revitalizadas e encontram-se mais práticas/interativas.



Logo, os caminhos para a criação e entrega de ações disruptivas de branding já existem, mas o que define quem irá melhor ou pior será a relevância do conteúdo da ação, os objetivos, públicos e principalmente se o veículo de mídia escolhido consegue entregar a mensagem desejada e proporcionar as experiências que a empresa quer transmitir.

CIDADES INTELIGENTES COMO UMA DAS SOLUÇÕES


O que são?

As cidades inteligentes, ou smart cities em inglês, são centros urbanos que se desenvolvem socioeconomicamente por meio do aumento sustentável da qualidade de vida das pessoas. Essa evolução pode ser exemplificada nos setores de planejamento urbano, infraestrutura, energia, mobilidade, educação e muitos outros.



Em uma realidade prática, na cidade inteligente "Laguna" (localizada no município de São Gonçalo do Amarante, no Ceará) os habitantes poderão: ter acesso pelo celular a câmeras de monitoramento de segurança; iluminação pública de leds; recarga de carros elétricos; gestão social; cozinha compartilhadas; coleta seletiva e outras soluções.


Sinergia com a atualidade, branding, consumo e DOOH


As cidades inteligentes são compostas por uma união entre empresas, governo e ONGs. E o interessante é que nesse ecossistema as marcas podem viabilizar soluções inteligentes por meio de patrocínio e anúncios OOH. Um exemplo prático é o "Mude1Hábito" da Unimed: a companhia oferece a preservação de praças públicas com equipamentos e espaço para exercício físico.



Esse tipo de iniciativa tem o poder de construir a tão desejada relevância orgânica, pois soluciona reais problemas da rotina das pessoas. Além disso, essas ativações estimulam experiências com a mídia física – isso por meio da tangibilidade do produto, ações de merchandising e interações com software. A soma desses benefícios demonstra resultar em uma marca que performa melhor no contexto atual e angaria dados norteadores (business intelligence) para campanhas mais efetivas.


TE INSERIMOS NESSE MACRO


A Rentbrella

Somos um dos principais players das cidades inteligentes no setor de mobilidade. Nosso propósito é viabilizar o compartilhamento por meio da tecnologia e hoje nossa principal ferramenta para isso são os guarda-chuvas.



Possuímos mais de 350 estações espalhadas por toda cidade de São Paulo e as primeiras 24 horas de serviço são sempre gratuitas. Para utilizar nosso serviço é só encontrar a estação mais próxima por meio do nosso app, se proteger da chuva/sol e devolver em qualquer ponto do ecossistema.


Como te ajudamos?


Como temos a capacidade de cobrir os pontos mais estratégicos dos centros urbanos que escolhermos expandir, e somos gratuitos, nos tornamos uma solução cotidiana para um problema natural e recorrente: a chuva e o sol. Isso faz com que nossos usuários se relacionem com o produto de forma tangível e o associe com histórias pessoais, como:


– "Voltei de um encontro, junto com meu par, em um só guarda-chuva";

– "A vez que pude conhecer a cidade a pé, pois havia compartilhamento de guarda-chuvas";

– "O dia que esqueci o guarda-chuva e fui salvo".

O que ofertamos é o espaço para sua marca ser a protagonista desse oferecimento – ao expandir conosco para novas praças/capitais e anunciar em todas as etapas dessa experiência (app, guarda-chuvas, telas e laterais das estações).


Com essa ação sua empresa se torna um player das cidades inteligentes e passa a anunciar por meio de uma solução relevante na vida das pessoas. Tudo isso com os dados e interação tecnológica que nosso app e estações proporcionam.



A longo prazo, os resultados são de uma marca mais querida, competitiva, lucrativa e provida de uma melhor inteligência de dados.



Ficou interessado em conhecer melhor nossas soluções de aproximação com o público e geração de relevância? É só preencher o formulário que entramos em contato.


Rentbrella: não é sobre ver... é sobre sentir.

Recent Posts

See All